8 dicas para uma gestação saudável

A saúde da criança começa quando ela ainda está na barriga da mãe. Por isso, alguns cuidados na gestação são importantíssimos.

Marcela Borges

Enfermeira, mestre em Saúde Pública

5 artigos


15 de agosto de 2019

A gravidez é um período de muitas alegrias, mas também de dúvidas e medos. Isso porque, toda mulher deseja uma gestação saudável, tranquila e livre de grandes problemas.

Porém, esta expectativa pode se transformar em ansiedade, o que não é nada bom para o bebê!

Além disso, para que a criança tenha saúde – não apenas na barriga mas durante todo o crescimento – é fundamental que a mãe se cuide enquanto o bebê ainda está sendo gerado!

Por isso, a gestação é o momento ideal para a mamãe repensar o seu estilo de vida e mudar hábitos prejudiciais, tanto do corpo como da mente.

Este post foi feito para futuras mães que desejam ter uma gestação saudável. Mas para os papais também existem dicas!

No Blog da Saúde, do Ministério da Saúde, tem um artigo que fala como se preparar para ser pai 👨‍👦 . Este preparo é essencial para a qualidade da gestação das mulheres.

O que você pode fazer pela saúde do seu bebê?

Descansar

O descanso é fundamental na vida de qualquer ser humano. Mas enquanto grávida, você deve, no mínimo, dormir 8 horas por noite.  

Deite-se preferencialmente do lado esquerdo, com um travesseiro entre as pernas. Esta posição facilita a passagem de oxigênio para o bebê.

Não estranhe se começar a preferir ficar em casa ao invés de sair à noite. Escute seu corpo! O cansaço e o sono que você sente no primeiro e no terceiro trimestre da gravidez não são nada mais que seu corpo pedindo para você pegar leve 😉.

Durante o dia, repouse alguns minutos! Uma soneca todo dia depois do almoço seria perfeita 😴. Se não dá, tente dar uma relaxadinha de meia hora, coloque os pés para cima, do jeito que conseguir!

Utilize técnicas de relaxamento, alongamento e massagem. Elas ajudam a reduzir o estresse e colaboram para você dormir bem.

Geralmente a semana é uma correria só, e no fim de semana a agenda é cheia de compromissos: família, festa, programas no shopping e por aí vai…

Então, que tal tirar o sábado para relaxar?

Faça um passeio com seus familiares num ambiente calmo e tranquilo em meio a natureza, parques e bosques são algumas opções interessantes. Você vai ver, tirar um dia de descanso na semana fará toda a diferença!

Tomar sol

Para uma gestação saudável, é recomendável tomar 20 minutos de sol, durante o início da manhã ou o final da tarde, inclusive nas mamas.

Ah, mas lembre-se de usar boné ou chapéu, além do protetor solar no rosto, para evitar manchas na pele.

O sol é fonte de vitamina D, que ajuda na prevenção de aborto espontâneo, promove o crescimento saudável da placenta e pode reduzir o risco de pré-eclâmpsia.

Buscar ar puro

Fuja de ambientes onde haja fumantes, em qualquer fase da gravidez!!! Procure ar puro! Respirar fumaça com frequência pode afetar o bebê.

Exercite a respiração: respire lenta e profundamente, várias vezes ao dia. Isso pode ajudar em momentos de desconforto e ansiedade.

Fazer exercícios

Exercitar contribui para a saúde do bebê e da gestante. Além disso, ajuda entrar em forma mais rápido depois que o bebê nasce.

Os exercícios também melhoram o humor, liberando a serotonina na gestação e reduzindo o risco de se render a tristeza e a depressão no pós parto.

E pra quem já está acostumada a se exercitar, continue praticando a mesma atividade, desde que esteja se sentindo confortável para isso. Mas não esqueça de comunicar seu médico sobre essas atividades 😉.

Ainda sobre os exercícios, procure fazer atividades físicas leves e prazerosas.  Não faça esportes com risco de quedas e impactos.

Os mais benéficos são atividades mais amenas como: hidroginástica, alongamento, natação,  ginástica em grupo de gestantes, caminhada, pilates, etc.

A caminhada ajuda melhorar a circulação do sangue, aumenta a disposição e a sensação de bem-estar. Se não houver contraindicação, pode ser mantida do início ao fim da gravidez.

Além disso, um bom programa de exercícios vai garantir força e resistência necessárias para carregar o peso extra da gravidez e o desgaste físico do parto.

Faça também exercícios do assoalho pélvico conhecidos como exercícios de Kegel. Ele fortalece os músculos que sustentam o útero e a bexiga, o que ajuda a controlar a urina e a melhorar o contato íntimo.

Este exercício durante a gravidez, ajuda no treino para o parto normal, diminuindo as dores e o tempo do trabalho de parto 🤰.

Como fazer este exercício? Bom, durante o dia – enquanto faz outras atividades – faça dez contrações lentas e dez rápidas dos músculos do assoalho pélvico como se estivesse interrompendo o jato de xixi. Simples assim! Repita várias vezes ao dia.

Gestação saudável = boa alimentação

É muito comum ouvir que “grávida precisa comer por dois”. Olha mamãe, você não precisa comer mais porque está grávida, o que é FUNDAMENTAL mesmo é uma alimentação equilibrada e saudável.

Muitas mulheres na gravidez param de comer certo tipo de alimento por causa do enjoo. Caso isso aconteça, procure arranjar um alimento substituto que tenha o mesmo valor nutricional.

Outra dica é fazer as refeições em horários regulares e, sempre que possível, acompanhada dos familiares. Evite “beliscar” nos intervalos e coma devagar desfrutando o que você está comendo.

Procure ter uma alimentação saudável e diversificada, predominantemente de origem vegetal, rica em alimentos naturais e com o menor processamento industrial possível. Isso é importante para sua saúde e bem-estar, e para a formação e o crescimento adequado do bebê.

O ideal é ter uma dieta mais natural que inclua feijões, cereais (de preferência integrais), verduras, legumes, frutas e também castanhas e sementes 🍐🍊🍌🍉🥝🍍.

Coma todos os dias legumes, verduras e frutas da época. Estes alimentos são ricos em várias vitaminas, minerais e fibras.

Ainda possuem quantidade pequena de calorias, contribuindo para a prevenção da obesidade e doenças crônicas como hipertensão e diabetes.  

Para evitar a anemia (falta de ferro no sangue), consuma diariamente alimentos ricos em ferro, principalmente feijão, lentilha, grão-de-bico, soja, folhas verde-escuras, grãos integrais, castanhas e outros.

Junto com esses alimentos, consuma frutas que sejam fontes de vitamina C, como acerola, goiaba, laranja, caju, limão e outras. Eles ajudam na absorção do ferro!

Beber água

Beber água é fundamental para o organismo, isso você já sabe! Mas talvez ainda não saiba, que ela é muito importante também na gestação.

Se hidratar na gravidez ajuda melhorar a circulação sanguínea, manter o líquido amniótico em níveis adequados, estabilizar a pressão arterial e eliminar as toxinas que aumentam o risco de infecção urinária.

Se mantenha hidratada bebendo de 1,5 a 2 litros de água por dia. Uma boa dica é consumir frutas com alta concentração de água (abacaxi, melancia, melão, laranja…), chás e água de coco, eles também ajudam na hidratação!

Se abster do que faz muito mal

Quer uma gestação saudável? Então evite industrializados como refrigerantes, sucos artificiais, macarrão instantâneo, chocolates, doces, biscoitos recheados e outras guloseimas. Eles fazem mal à saúde!

Também retire o saleiro da mesa! 🧂

Excesso de sal na dieta aumenta o risco de pré eclâmpsia (pressão alta no 3° trimestre) e eclâmpsia (forma grave da doença, que põe em risco a vida da mãe e do bebê).

Evite o consumo de cafeína também! Café, chá e refrigerantes à base de cola são estimulantes. Pesquisas indicam que o excesso de cafeína pode contribuir para o risco de o bebê nascer abaixo do peso, ou até problemas para a gravidez.

Não fume de jeito nenhum 🚭! Mulheres que fumam têm risco maior de aborto espontâneo, parto prematuro e de ter um bebê de baixo peso. Quanto antes você parar de fumar, melhor será para você ter uma gestação saudável!

Não consuma bebidas alcoólicas 🍺! O álcool chega rapidamente ao bebê pela placenta, e a grande ingestão de álcool durante a gravidez está ligada a doenças da síndrome alcoólica fetal, que inclui desde dificuldades de aprendizagem até problemas congênitos graves.

A orientação do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde é de NÃO BEBER durante a gravidez. 

Outra coisa: evite descolorantes, tinturas de cabelo, alisantes e onduladores que contêm amônia e outros componentes que podem fazer mal ao bebê.

Ter confiança 🙏

Por último, a última e grande dica!

Ser mãe é uma dádiva de Deus! Por isso, confie no cuidado de Deus com você e seu bebê.

Ele é o responsável pela vida… “Tu criaste o íntimo do meu ser e me teceste no ventre da minha mãe. Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável” (Salmos 139:13). Deus tem um plano muito especial para vocês dois!

⚠ IMPORTANTE:

Além desses cuidados, não deixe de fazer o pré-natal, comece o quanto antes!

É recomendável também o uso de ácido fólico durante toda a gravidez (ajuda a prevenir problemas congênitos no bebê ligados ao fechamento do tubo neural) e sulfato ferroso durante a gestação e até o terceiro mês pós-parto.

Com essas dicas, você não só garante uma gestação saudável para você e seu bebê, mas uma vida com bons hábitos!

Este post te ajudou? Então compartilha!

Voltar