8 hábitos que prejudicam a saúde

Escolhas diárias podem prejudicar a sua saúde. Descubra quais são os principais hábitos que não colaboram em nada com o bem-estar da sua vida!

Alessandra Guimarães

Jornalista e Gestora de Conteúdo

20 artigos


18 de dezembro de 2018

Ter saúde é a prioridade da maior parte da população e, sem dúvidas, deve ser a sua também!. Porém, muitas vezes a vontade é bem diferente das escolhas. Na correria do dia a dia, fazemos escolhas que prejudicam a saúde.

Este é um post pra você refletir como estão seus hábitos de vida! Se você pudesse colocar suas escolhas em uma balança, qual lado seria o campeão: mais saúde ou menos saúde?

Se você ficou em dúvida, a gente facilita pra você! Aqui embaixo vamos falar de 8 hábitos que não contribuem em nada para a saúde. Qual deles tem sido parte da sua vida? Ao final do post, você vai conseguir ter uma ideia de como anda o seu investimento em saúde e, assim, saber por onde começar a mudança. Então, vamos lá!

1. Alimentação “de pacote”

Primeiro hábito: alimentos processados em excesso. Estes alimentos são aqueles modificados, que saíram do seu estado original e passaram por algum processo, ou seja, a comida que vem numa embalagem.

Este tipo de “comida” é sobrecarregada de sal, açúcar, conservantes, corantes, aromatizantes e outros tantos aditivos químicos que prejudicam a saúde.

A escolha por esse tipo de alimentação contribui para o surgimento de inúmeras doenças, como diabetes e hipertensão.

2. Uso de estimulantes

O segundo hábito que coloca a saúde em risco é o uso do café, guaraná em pó, energéticos e outros estimulantes. A cafeina, componente comum nesses produtos, prejudica o organismo, causa dependência e agrava outras doenças como ansiedade e depressão.

Além disso, a cafeina é responsável por levar o corpo além dos seus limites, mascarando sinais naturais como fome e cansaço. Este efeito é extremamente prejudicial a saúde e, ao longo do tempo, pode ser a causa do desenvolvimento de inúmeras doenças.

3. Uso do álcool

O hábito de ingerir bebidas alcoólicas acaba com a saúde! Isso porque o álcool é uma das poucas substâncias que não se transforma pela digestão. Ele passa diretamente do estômago à corrente sanguínea, e, então, é levado rapidamente para todas as partes do corpo.

Os principais efeitos são sentidos primeiramente no cérebro, a seguir, no fígado e pâncreas. Infelizmente, no começo, a pessoa não percebe nenhuma anormalidade, e quando se dá conta, não há mais como corrigir os danos causados a esses órgãos.

4. Não beber água

Mais de 50% do corpo humano é água. A água controla a temperatura corporal, elimina toxinas do corpo, controla a pressão arterial e hidrata os olhos. Esses são alguns dos benefícios da água!

E quando não bebemos água, deixamos de abastecer o corpo com o que ele mais precisa. Pior ainda é substituir esse líquido precioso por refrigerante ou suco artificial. Nada substitui a água, ok?

Pode ter certeza que beber água na quantidade ideal trará muito benefícios para a saúde.

5. Sal em excesso

O uso exagerado de sal também é um dos grandes marcos da nossa sociedade. Como parte do resultado deste uso em excesso, a hipertensão (pressão alta) já afeta grande parte da população. Os alimentos processados é parte do problema do excesso de sódio. Os altos índices de sódio neste tipo de alimentação contribui para

6. Açúcar em grande quantidade

Outro sério problema de saúde pública é o uso em excesso do açúcar. Os estudos mostram que, a média de consumo de açúcar refinado, é de 60 kg por pessoa ao ano.

E os resultados deste consumo são níveis vertiginosos de cáries dentárias, obesidade, diabetes e muitas outras doenças. Então, fica a dica: diminuir ou deixar de comer doces e guloseimas já é um grande passo rumo à saúde!

7. Uso exagerado de remédios

Em conseqüência desses hábitos nocivos, aparecem as dores, as doenças e o sofrimento. E aqui está outro grande problema: em vez da pessoa abandonar o que lhe faz mal, ela começa a usar indiscriminadamente
os remédios.

Ao invés de procurar descobrir e abandonar a causa das doenças, muitos se enchem de remédios que apenas mascaram um problema maior. Por isso que o uso exagerado de remédios é um dos hábitos que faz a saúde ir embora.

8. Irregularidade de vida

O nosso organismo possui um relógio biológico. Quanto mais regulares forem nossos hábitos, melhor será o funcionamento de cada órgão e, conseqüentemente, mais saudáveis e felizes seremos.

O contrário também é verdadeiro: quanto mais irregular for nosso estilo de vida, mais ficaremos cansados, esgotados, estressados e doentes.

Pessoas que não tem hora para comer, dormir ou relaxar estão contribuindo para que a saúde fique debilitada! Por isso, ter uma rotina e respeitar os limites é muito importante para que a saúde não vá embora.

E aí, quais desses hábitos que prejudicam a saúde são parte da sua rotina? Comente aqui embaixo o que você deseja mudar. Escolha uma vida com mais saúde!

 

 

 

 

 

Voltar