Como dormir melhor? (Higiene do Sono)

Nós sempre queremos ter um dia positivo, mas como são as nossas noites? Como ter um bom descanso? Veja neste post!

Colunistas

12 artigos


19 de maio de 2019

Quando nos perguntam se dormimos bem, a maioria de nós responderia com um “não”, ou um “nem sempre”. É por isso que hoje vamos falar sobre higiene do sono, dicas para dormir melhor.

Convidamos o Dr. Ariel Gómez, especialista na clínica médica do Sanatório Adventista del Plata, na Argentina, que recebe frequentemente pessoas que apresentam o sono ruim como um problema que traz conseqüências indesejáveis. Vamos ver o que podemos fazer para dormir bem e viver dias melhores.

QVS – O que significa “higiene do sono”?

Existem dias que a pessoa dormiu e se levantou pela manhã se sentindo ótima, relaxada, descansada e com as forças recuperadas. Mas, há outros momentos, que o descanso não teve qualidade. A pessoa se levanta e, mesmo tendo dormido horas, acorda igualmente cansada.

Higiene do Sono é muito mais do que ir dormir. Envolve tudo o que acontece ao longo do dia, que nos prepara para o descanso. O mais importante é que, cada um, defina o significado pessoal de bom sono ou sono ruim.

QVS – Dificuldades para dormir é algo que deve ser levado a sério?

Sem dúvidas! Em alguns casos, a dificuldade em dormir ou ter um sono reparador, é considerado um problema de saúde. Lembre-se de que devemos 1/3 da nossa vida dormindo, e se isso não gerar o efeito fisiológico desejado, podem surgir outros problemas, como o mau humor, até outros problemas físicos mais complexos.

Para aqueles que entendem que Deus nos criou, e mesmo para aqueles que têm outra visão da vida, o descanso é uma parte fisiológica, essencial em nossa vida diária. Há até experimentos em que, invadindo os direitos humanos, as pessoas foram privadas do sono para verificar os efeitos negativos que isso tem.

QVS – Existem alguns problemas de sono que são bastante comuns, como a apneia. O que é apneia do sono?

A síndrome de apneia ou hipopnéia obstrutiva, que é quando alguém está “roncando” e, no meio do ronco afogado, faz uma pausa por alguns segundos. Isso faz com que a concentração de oxigênio diminua, o que, ao despertar, produz muita fadiga.

Em casos extremos, as pessoas podem sucumbir ao sono enquanto comem, enquanto assistem TV, no trabalho e enquanto dirigem seu veículo. Sem chegar ao extremo, as pessoas que sofrem com isso, não importa o quanto durmam, estarão cansadas e sonolentas durante todo o dia.

Em geral, as pessoas que sofrem dessa condição, são aquelas com excesso de peso e que têm o hábito de comer muito à noite. Às vezes pensamos que quem está roncando está dormindo muito profundamente, mas não é assim, a qualidade do sono nesses casos é muito ruim.

Dicas para você dormir melhor

Para os pacientes que vêm me consultar buscando dormir melhor, digo-lhes que dormir bem começa a partir do momento em que você acorda pela manhã.

  1. Jantar leve e cedo: Jantar leve, uma hora e meia ou duas antes de ir para a cama é muito importante para a qualidade do sono.
  2. Evite bebidas estimulantes: Evite todos os tipos de bebidas estimulantes: café, chá verde, chá preto, álcool e energéticos. Estas bebidas atrapalham o sono. O mesmo serve para alguns alimentos que também são estimulantes, como comidas picantes e frituras.
  3. Atividade física leve: É muito bom fazer atividade física aeróbica à tarde, mas não muito intensa. Uma atividade física intensa é contraproducente, pois libera muita endorfina e hormônios, levando mais tempo para o corpo relaxar rumo ao descanso.
  4. Evite dispositivos tecnológicos antes de dormir: O brilho desses dispositivos gera um mal-entendido em nosso cérebro, induzindo-o a pensar que é dia. Cada vez que acendemos mais e mais luzes, desorientamos nosso cérebro, nosso sistema neurológico e não conseguimos o ambiente ideal para um bom descanso.
  5. Quarto escuro e silencioso: Não é bom que enquanto um dorme o outro está assistindo a um programa de TV. O brilho e o ruído fazem com que a qualidade do sono seja prejudicada.
  6. Gerar uma rotina para dormir: O cérebro está interpretando que é hora de dormir, porque de alguma forma somos animais de hábitos, graças à rotina. Desta forma, meu cérebro capta que há uma rotina para dormir. O organismo já está preparado dessa maneira.

QVS – Qual a recomendação sobre medicamentos para dormir?

Em geral, o uso de medicamentos para dormir não é recomendado. O uso indiscriminado dessas drogas produz adaptação, quando elas querem sair não é alcançado, e pode até produzir sintomas de abstinência agravando ainda mais a situação.

QVS – E quanto aos medicamentos de venda livre que dizem induzir o sono?

Existem algumas medicações sem receita que normalmente são melatonina. Elas podem nos ajudar por um tempo, porque nosso corpo acaba se adaptando e elas deixam de funcionar. O melhor é consultar um especialista para atacar o problema na raiz e encontrar a solução antes que o problema seja acentuado.

QVS – Os hábitos do dia pode influenciar no descanso noturno?

Com certeza! É bom encerrar o dia limpando nossas atividades, os desafios e os problemas que tivemos ao longo do dia. Sempre recomendo aos meus pacientes, independentemente de suas crenças religiosas, que ao invés de dormir pensando no que com a economia, com a política ou com o esporte, seria muito mais produtivo tomar os últimos minutos do dia para refletir, ler a Bíblia, orar, agradecer, mudar a sintonia. Isso significa que podemos deixar de lado as coisas que nos sobrecarregaram durante o dia, confiando em Deus e, assim, desfrutar de sono reparador.

Se quiser saber mais dicas sobre como dormir melhor, siga nosso perfil no instagram: @querovidaesaude.

Compartilhe este post e descanse bem!

Voltar