Coronavírus: O que você deve saber

O novo coronavírus já se espalhou por vários países em pouco tempo. Entenda mais sobre este novo vírus e saiba como se proteger da doença.

Marcela Borges

Enfermeira, mestre em Saúde Pública

9 artigos


4 de fevereiro de 2020

O Coronavírus é um novo vírus descoberto na China, no fim de dezembro de 2019, que causam doenças respiratórias pelo agente coronavírus. 

Por conta do número de casos, que já ultrapassou a casa dos 10 mil, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou emergência de saúde pública global.

Com isso, organizações internacionais e a comunidade científica estão mobilizadas na busca por respostas sobre a prevenção e o tratamento da doença.

No Brasil, até o dia 04 de fevereiro, existem 16 casos suspeitos que estão sendo investigados e 15 que foram descartados. Até o momento, nenhum caso foi confirmado.

Bom, diante do aumento do nível de alerta pela OMS em relação ao risco global do novo coronavírus, o Ministério da Saúde orienta que viagens para a China só devem ser realizadas em casos de extrema necessidade.

Coronavírus: como prevenir?

Nesse momento, o mais importante é a população estar alerta e bem informada sobre as formas de contágio e prevenção.

Primeiro ponto, a infecção por coronavírus causa doenças respiratórias leves a moderadas, semelhantes aos do resfriado e da gripe comum.

Alguns coronavírus podem causar doenças graves com impacto importante para a saúde, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SARS).

O coronavírus é contagioso e costuma ser transmitido por meio de gotículas expelidas por tosse, espirros e secreções

No entanto, ainda não está claro com que facilidade o novo coronavírus se espalha de pessoa para pessoa.

Diversas investigações estão em andamento, e já sabe-se que sua transmissão é menos intensa que o vírus da gripe, sendo portanto, menor o risco de uma maior circulação mundial.

Apesar disso, fique atento aos sinais e sintomas clínicos como: febre, tosse e dificuldade para respirar.

Caso apresente esses sintomas, procure imediatamente atendimento médico e compartilhe o seu histórico de viagens.

Uma vez que, para haver suspeita diagnóstica e rastreamento do novo coronavírus, é muito importante saber se existe algum antecedente de viagem para a área de transmissão da doença. No caso, a cidade de Wuhan (província de Hubei), na China.

Dicas de prevenção contra o novo coronavírus

Infelizmente, até o momento, não existe nenhuma medicação específica para combater o coronavírus. O tratamento é feito com base nos sintomas de cada paciente.

O mais importante agora, são as pessoas tomarem medidas para prevenir a doença.

Uma boa notícia é que cientistas norte-americanos trabalham para desenvolver uma vacina que poderá barrar esse vírus.

Se tudo der certo, dentro de poucos meses a vacina começará a ser testada.

Então, fique atento as dicas que podem prevenir o novo coronavírus, e também outros agentes transmissores de doenças.

Primeiro, lave as mãos com frequência utilizando água e sabão, especialmente após o contato direto com pessoas doentes.

Se não for possível lavar as mãos, higienize com álcool em gel.

Além disso, evite o contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas, tosse ou febre.

Se tossir ou espirrar, cubra a boca e o nariz utilizando lenço descartável para higiene nasal. Em seguida, lave as mãos.

Evite também, tocar e esfregar as mucosas dos olhos, nariz e boca. E não compartilhe objetos de uso pessoal como talheres, pratos, copos ou garrafas.

Outra dica, mantenha o ambiente bem ventilado e evite contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.

E, por último, consuma carnes e ovos bem cozidos.

Fontes: Ministério da Saúde e Organização Mundial de Saúde (OMS)

Voltar